domingo, 18 de outubro de 2009

Top 10 - Os acidentes mais caros da história

Top 10 - Acidentes mais caros da história

Ao longo da história, todos nós estamos sujeitos a acidentes. Nosso objetivo é listar os 10 acidentes mais caros na história do mundo (em dólares).
Isto inclui danos materiais e despesas relacionadas com o acidente, tais como limpeza e as perdas da indústria. Muitos desses acidentes envolvem vítimas que obviamente não podem ser relacionados financeiramente. Uma vida perdida não tem preço e não entra nos valores citados. Ações deliberadas, como a guerra ou o terrorismo e as catástrofes naturais não podem ser classificados como acidentes e, portanto, não estão incluídos nesta lista.


10. Titanic (150 Milhões de dólares)
O naufrágio do Titanic é possivelmente o acidente mais famoso do mundo. Mas nem por isso é o mais caro da lista.
Em 15 de abril de 1912, o Titanic afundou em sua viagem inaugural, era considerado o mais luxuoso transatlântico construído. Mais de 1.500 pessoas perderam a vida quando o navio bateu em um iceberg e afundou nas águas geladas. O navio custou US $ 7 milhões para ser construído ($ 150 milhões em dólares de hoje).

Top 10 - Acidentes mais caros da história


9. Caminhão tanque Vs ponte de US $ 358 Milhões
Em 26 de agosto de 2004, um carro colidiu com um caminhão-tanque contendo 32.000 litros de combustível na Ponte Wiehltal na Alemanha. O caminhão atravessou o guard-rail e caiu 90 metros, próximo à rodovia A4, resultando em uma enorme explosão e incêndio que destruiu a capacidade de carga da ponte. Os reparos temporários custaram US $ 40 milhões e o custo para substituir a ponte é estimado em US $ 318 milhões.

Top 10 - Acidentes mais caros da história


8. MetroLink batida (500 milhõesde dólares)
Em 12 de setembro de 2008, em dos piores acidentes da história da Califórnia, 25 pessoas morreram quando um trem Metrolink bateu de frente em um trem de carga da Union Pacific em Los Angeles. Cogita-se que o trem Metrolink pode ter atravessado um sinal vermelho enquanto mensagens de texto o condutor estava ocupado. As indenizações esperadas podem custar $ 500 milhões em perdas para Metrolink.

Top 10 - Acidentes mais caros da história


7. Bombardeiro B-2 cai (1,4 bilhões de dólares)
Aqui temos o nosso primeiro acidente na casa dos bilhões (e estamos apenas # 7 na lista). Este bombardeiro B-2 caiu logo após decolar de uma base aérea de Guam em 23 de fevereiro de 2008. Investigadores culpam uma confusão nos dados dos computadores de controle de vôo provocada pela umidade no sistema. O resultado disso foi que a aeronave fez um movimento repentino para cima que desestabilizou a aeronave. Este era apenas 1 dos 21 já construídos e foi o acidente de avião mais caro da história. Ambos os pilotos conseguiram ejetar a segurança.

Top 10 - Acidentes mais caros da história

Top 10 - Acidentes mais caros da história


6. Exxon Valdez ($2,5 bilhões de dólares)
O Exxon Valdez não era grande em relação aos maiores vazamentos de petróleo do mundo, mas foi o mais caro, devido à dificil localização de Prince William Sound (acessível somente por barco e de helicóptero). Em 24 de março de 1989, 10,8 milhões de litros de óleo foram derramados do navio, Segundo Joseph Hazelwood (Comandante do navio), ele perdeu o controle quando o navio colidiu contra um recife. A limpeza da área custou a Exxon cerca de $ 2,5 bilhões de dólares.

Top 10 - Acidentes mais caros da história


5. Plataforma de óleo ($3,4 bilhões de dólares)
No mundo esse é o pior desastre na extração de petróleo. Ao mesmo tempo que ele foi o maior produtor de petróleo do mundo, extraindo 317.000 barris de petróleo por dia. Em 6 de julho de 1988, como parte da manutenção de rotina, os técnicos retiraram as válvulas de segurança que são essenciais na prevenção do perigoso acúmulo de gás líquido. Tinha 100 válvulas idênticas para serem checadas. Infelizmente, os técnicos cometeram um erro e se esqueceram de substituir uma delas. Às 10 horas daquela mesma noite, um técnico apertou um botão para iniciar as bombas de gás líquido e o mundo via naquele momento o pior acidente petrolífero já presenciado.
Em de 2 horas, a plataforma de 300 metros foi envolvida em chamas. Ela acabou por desabar, matando 167 trabalhadores e resultando em $3,4 bilhões de dólares em indenizações.

Top 10 - Acidentes mais caros da história


4. Explosão da Challenger ($5,5 bilhões de dólares)
O ônibus espacial Challenger foi destruída 73 segundos após a decolagem em 28 de janeiro de 1986 devido a um defeito nos tanques de combustível. Foi uma falha na vedação das juntas, permitindo que o gás pressurizado chegasse ao exterior. Por sua vez, causou o tanque externo para despejar sua carga de hidrogênio líquido causando uma enorme explosão. O custo de substituir o ônibus espacial foi de US$ 2 bilhões em 1986 ($4,5 bilhões em dólares de hoje). O custo da investigação, a correção dos problemas, e substituição de equipamentos perdidos custaram US $ 450 milhões em 1986-1987 ($ 1 bilhão em dólares de hoje).

Top 10 - Acidentes mais caros da história


3. Petroleiro Prestige ($12 bilhões de dólares)
Em 13 de novembro de 2002, o petroleiro Prestige transportava 77.000 toneladas de óleo combustível pesado, quando um de seus doze tanques estourou durante uma tempestade ao largo da Galiza, Espanha. Temendo que o navio iria afundar, o capitão pediu a ajuda da equipe de salvamento espanhol, esperando que levassem o navio ao porto. No entanto, a pressão das autoridades locais, obrigou o capitão do navio a levar o petroleiro para longe da costa. O capitão tentou obter o apoio das autoridades francesas e Portuguesas, mas eles também ordenaram que o navio saísse das suas margens. A tempestade finalmente teve seus efeitos sobre o navio que resultou na divisão de petroleiros no meio e liberando 20 milhões de galões de petróleo no mar.
De acordo com um relatório elaborado pela Economist Pontevedra Câmara, a limpeza total custou US $ 12 bilhões.

Top 10 - Acidentes mais caros da história


2. Ônibus espacial Columbia ($13 bilhões de dólares)
O ônibus espacial Columbia foi o primeiro no espaço digno na frota de shuttle orbital da NASA. Foi destruído durante a reentrada sobre o Texas em 1 de fevereiro de 2003, após um buraco feito em uma das asas durante o lançamento de 16 dias antes. O custo oficial do ônibus foi de US $ 2 bilhões em 1978. Que dá $ 6,3 bilhões em dólares de hoje. $500 milhões foram gastos na investigação, tornando-se o inquérito acidente aéreo mais caro da história. A busca e a recuperação de detritos custaram US$ 300 milhões.
No final, o custo total do acidente (não incluindo a substituição do ônibus) saíram US$ 13 bilhões, de acordo com o Instituto Americano de Aeronáutica.

Top 10 - Acidentes mais caros da história


1. Chernobyl ($ 200 bilhões de dólares)
Em 26 de abril de 1986, o mundo testemunhou o acidente mais caro da história. A catástrofe de Chernobil, foi a maior catástrofe sócio-econômica. 50% da Ucrânia foram de alguma forma contaminados. Mais de 200.000 pessoas tiveram de ser evacuadas e reassentadas, enquanto 1,7 milhões de pessoas foram diretamente afetadas pelo desastre. O número de mortes atribuídas a Chernobyl, incluindo as pessoas que morreram de câncer anos mais tarde, é estimado em 125.000. Os custos totais, incluindo limpeza, reassentamento e compensação das vítimas foram estimados em cerca de US$ 200 bilhões. O custo de uma nova siderúrgica para abrigar a usina nuclear de Chernobyl vai custar US $ 2 bilhões. O acidente foi atribuído oficialmente aos operadores da usina que violaram os procedimentos e ignoraram os requisitos de segurança necessários.

Top 10 - Acidentes mais caros da história

Postado por Filhote de Pombo | 12:13 | 2 comentários »

Feed

Comentários
2 Comentários

2 comentários

  1. Edu Albuquerque // 19 de outubro de 2009 05:29  

    Tudo bem que a queda das Torres Gêmeas em Nova York, não tenha sido por acidente , mas mesmo assim o prejuizo para a cidade é contabilizado até hoje, mais de oito anos depois.

  2. Anônimo // 20 de outubro de 2009 13:44  

    Muito interessante, otimo post!

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails