segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Brutalidade e covardia - Mulheres paquistanesas desfiguradas

Imagens fortes mas que são realidade no Paquistão e em outros países. Essas mulheres são vítimas inocentes da brutalidade dos homens daquele lugar. As histórias abaixo não são nada incomuns principalmente para as mulheres que vivem nas regiões rurais do Paquistão, onde têm poucos direitos e sem educação.
As mulheres vítimas são geralmente adolescentes, que são acusadas de ter trazido vergonha para sua família por recusarem se casar com determinadas pessoas, ou por tentarem se separar de seus maridos. Os rostos e partes íntimas são os locais preferidos por esses monstros. Essas queimaduras, mesmo que horríveis, raramente matam, ao invés disso as deixam seriamente desfiguradas e confinadas em suas casas levando-as ao isolamento social e depressão. Essas fotos foram tiradas pelo fotógrafo Emilio Morenatti durante o segundo semestre de 2008. Veja abaixo algumas histórias dessa mulheres que ainda estão tentando dar a volta por cima e viver "normalmente".



Saira Liaqat, 26 anos, mostra para a câmera um retrato dela antes de ser queimada em sua casa em Lahore, Paquistão. Quando ela tinha quinze anos, Saira foi obrigada a se casar com um homem da sua família, porém sua família só permitiu que ela fosse morar com ele após terminar os estudos. O marido não gostou da idéia e no final de Julho de 2003, chegou na casa dela com um embrulho, e pediu para que ela fose buscar um copo com água. Ela foi até a cozinha buscar e quando se virou para lhe entregar a água, ele jogou ácido em sua cara, cegando-lhe o olho direito e comprometendo a capacidade de visão do esquerdo. Saira foi submetida a 9 cirurgias plásticas para tentar se recuperar de suas cicatrizes.

Terrorismo ácido contra mulheres do paquistao

Irum Saeed, 30 anos, posa para a fotografia em seu escritório na Universidade urdu de Islamabad, Paquistão, quinta-feira, 24 julho, 2008. Irum foi queimada no rosto, costas e ombros a doze anos atrás, quando um rapaz a quem ela rejeitou o casamento jogaou ácido sobre ela no meio da rua. Ela já foi submetida a 25 cirurgias plásticas para tentar se recuperar de suas cicatrizes.

Terrorismo ácido contra mulheres do paquistao

Shameem Akhter, 18 anos, posa para as lentes do fotoógrafo Emilio Morenatti na sua casa em Jhang, Paquistão.
Shameem foi estuprada por três rapazes que jogaram ácido em seu rosto a três anos atrás. Shameem foi submetida a 10 cirurgias plásticas para tentar se recuperar de suas cicatrizes.

Terrorismo ácido contra mulheres do paquistao

Najaf Sultana, 16 anos, fotografia tirada em sua casa em Lahore, Paquistão. Quando tinha 5 anos, Najaf foi queimada pelo seu pai enquanto ela estava dormindo, aparentemente porque ele não queria ter uma outra menina na família. Como resultado da queimadura, Najaf ficou cega foi abandonada por seus pais, ela agora mora com parentes. Ela foi submetida a cerca de 15 cirurgias plásticas para tentar se recuperar de suas cicatrizes.

Terrorismo ácido contra mulheres do paquistao

Shehnaz Usman, 36 anos, posa para a fotografia em Lahore, Paquistão. Shehnaz foi queimada com ácido por um parente devido a uma disputa familiar há cinco anos. Shehnaz foi submetida a 10 cirurgias plásticas para tentar se recuperar de suas cicatrizes

Terrorismo ácido contra mulheres do paquistao

Shahnaz Bibi, 35 anos, posa para a fotografia em Lahore, Paquistão. Dez anos atrás Shahnaz foi queimada com ácido por um parente devido a uma disputa familiar. Ela nunca fez nenhuma cirurgia plástica.

Terrorismo ácido contra mulheres do paquistao

Kanwal Kayum, 26 anos, ajusta o véu para posar pra foto em Lahore, Paquistão. Kanwal foi queimada com ácido a um ano atrás por um rapaz com quem ela rejeitou o casamento. Ela nunca passou por cirurgia plástica.

Terrorismo ácido contra mulheres do paquistao

Munira Asef, 23 anos, foto tirada em Lahore, Paquistão. Munira foi queimada com ácido, há cinco anos por um menino a quem ela recusou se casar. Ela foi submetida a 7 cirurgias plásticas para tentar se recuperar de suas cicatrizes.

Terrorismo ácido contra mulheres do paquistao

Bushra Shari, 39 anos, ajusta o véu para a fotografia em Lahore, Paquistão, Bushra foi queimada com ácido jogado por seu marido que ela estava tentando se divorciar dele há cinco anos. Ela foi submetida a 25 cirurgias plásticas para tentar se recuperar de suas cicatrizes.

Terrorismo ácido contra mulheres do paquistao

MEMUNA Khan, 21 anos, posa para a fotografia em Karachi, no Paquistão. Menuna foi queimada por um grupo de meninos que jogaram ácido sobre ela para resolver uma disputa entre seus familiares. Ela passou por 21 cirurgias plásticas para tentar se recuperar de suas cicatrizes.

Terrorismo ácido contra mulheres do paquistao


Zainab Bibi, 17 anos, ajusta o véu para a fotografia em Islamabad, Paquistão. Zainab foi queimada em seu rosto com ácido jogado por um menino a quem ela recusou se casar há cinco anos. Ela já foi submetida a várias cirurgias plásticas para tentar se recuperar de suas cicatrizes.

Terrorismo ácido contra mulheres do paquistao

Naila Farhat, 19 anos, fotografia feita em Islamabad, Paquistão. Naila foi atacada quando voltava da escola, com a ajuda de seu próprio professor, seu rosto foi queimado com ácido jogado por um menino a quem ela rejeitou casar-se há cinco anos. Ela já foi submetida a várias cirurgias plásticas para tentar se recuperar de suas cicatrizes.

Terrorismo ácido contra mulheres do paquistao

Pesquisando mais a respeito, achei esse vídeo no Uol.com.br. É um documentário feito pelo "The New York Times", sobre os ataques com ácido


Postado por Filhote de Pombo | 10:17 | 55 comentários »

Feed

Comentários
55 Comentários

55 comentários

  1. Anônimo // 23 de novembro de 2009 10:52  

    Que absurdo!

  2. Taty // 23 de novembro de 2009 11:44  

    Nossa meu, chorei demais lendo e vendo isso, como pode ninguem fazer nada:? Mulheres se juntem todas sem excessão

  3. Anônimo // 23 de novembro de 2009 12:00  

    bem feito kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    tb so homem vo faze isso com minha futura esposa
    nois mandamo

  4. Anônimo // 23 de novembro de 2009 12:00  

    Que maldade, gente.

  5. Anônimo // 23 de novembro de 2009 12:18  

    q horror... kd os direitos humanos??? kd a ONU, kd todo mundo???

  6. will kill bill // 23 de novembro de 2009 16:25  

    triste demais

  7. Sentimental ♥ // 23 de novembro de 2009 17:45  

    além da brutalidade e barbaridade o q impressiona mais são as idades das moças.

  8. Anônimo // 25 de novembro de 2009 11:08  

    Fazer o que, ainda existem países que vivem no século passado.
    e os homens se acham os donos de tudo inclusive das mulheres, ainda bem que no meu país é bem diferente.
    Mas é o governo quem tem que tomar uma titude né, e outra não sei porque elas ainda não forma atras de um advogado logo?

  9. Syl // 25 de novembro de 2009 17:51  

    É inacreditável que em pleno 2°milênio ainda perdurem esses absurdos...não há justiça na terra? não há lei, não há punições para quem pratica tudo isso?

  10. Anônimo // 26 de novembro de 2009 05:53  

    poxa..é triste ver isso :S
    cultura dos infernos a deles

  11. Anônimo // 26 de novembro de 2009 07:13  

    Caraca me deu um pesar no coração agora..
    Será que esses monstros nao percebem q sao MULHERES?
    TOTALMENTE EXTRESSADO COM ISSO!

    eles acabam com a vida delas por motivos simplismente banais....

  12. Anônimo // 26 de novembro de 2009 11:51  

    D: Covardia Colossal uma "atitude" desta contra quem quer que seja, principalmente as mulheres. Que todos que fizeram isso com elas sofram o pior dos castigos. ¬¬

  13. Anônimo // 26 de novembro de 2009 13:49  

    Eu estou totalmente indignado com isso! Me subiu a cabeça ver essas fotos e lendo esse texto - Homem, a raça mais maldita do universo - tomara que todos esses "homens" morram devagar, da pior forma possível e com muita dor, desgraçados!

    Eu sou totalmente contra a violência, mas olhando essa situação eu abro exceção para punir os responsáveis, é algo injusto - pobre mulheres!

    Tenho vergonha de ser homem.

  14. Zéódio // 26 de novembro de 2009 17:56  

    Realmente mto chocante ver isso

  15. Darth Vader // 26 de novembro de 2009 20:58  

    Eu sou seu pai

  16. Anônimo // 27 de novembro de 2009 03:13  

    porra cara, esses maluco gostam de ácido hein... que coisa mais loca, eles tinham q leva um balde de ácido direto na uretra pra ve qual é que era huaha

  17. Anônimo // 27 de novembro de 2009 03:17  

    Cultura é uma desgraça vei,
    quando junta com religião piora mais,
    aki no Brasil o povo é mais civilizado, mas não podemos cobrar isso de outros paises.
    Hoje em dia esses ataques devem ter diminuido consideravelmente,"Graças a Deus né!", da muita pena dessas mulheres alem de que deve ter doido d+ da conta e os fdp ficaram rindo!

  18. Carol Liôa // 27 de novembro de 2009 06:47  

    Triste! queria saber o q acontece com as pessoas q fazem isso, e qual a reação dos familiares e pessoas prox na hr dos acontecimentos... serio, bateu a curiosidade se tem muito descaso...

  19. Anônimo // 27 de novembro de 2009 06:51  

    Que absurdoo
    o pior é pensar que com os caras que fizeram esssas coisas nao deve de ter acontecido nada!
    as leis nesses paises islamicos sao muito injustas com as mulheres.

  20. H377B0Y // 27 de novembro de 2009 08:04  

    Cara na boa.. num gosto nem de ver isso... Bando de FILHOS DUMAS PUTAS esses caras que fizeram isso com essas mulheres meu... se num tem capacidade de pegar mulher vai dar a bundam, ou se naum sabe resolver as coisas igaul gente, conversando numa boa, se isola da humanidade (faz esse favor pra nós)... Meu fico revoltado sem zueira... se pego uns FDP's desse meu Deus eh bom nem pensar no que eu faria.

  21. keka // 27 de novembro de 2009 09:21  

    só regredindo ¬¬'!
    só lamentos

  22. jairo // 27 de novembro de 2009 09:46  

    Covardia do caralho... keria ver se esses FDP morassem aki ....
    ai eles ia queimar o C* deles com acido !!
    Rebanho de retardados...
    dps num sabem pq o pais naum presta !!!

  23. McTusk // 27 de novembro de 2009 10:13  

    Depois vem nego encher o saco porque o EUA mandam bomba nessa bosta de lugar. Tem que nukar o oriente médio inteiro e explodir essa bosta

  24. Anônimo // 27 de novembro de 2009 11:18  

    Galera a coisa é feia!

  25. Anônimo // 27 de novembro de 2009 11:19  

    eu vejo todo mundo assim quando tomo acido.. o licérgico

  26. Anônimo // 27 de novembro de 2009 11:34  

    Eu realmente não sou a favor da violência e nem a favor dos EUA, mas que os americanos deviam mesmo invadir aqueles lados e botar ordem, acabar com esses costumes brutais deveriam na boa!

  27. Anônimo // 27 de novembro de 2009 17:11  

    Que triste, nojo desse tipo de homem, deveriam ser cortados vivos pedaço por pedaço e serem fritos depois e jogados aos cachorros =X

  28. Anônimo // 27 de novembro de 2009 17:28  

    realmente revoltante.

  29. Madara Galindo // 27 de novembro de 2009 21:23  

    Se eu podesse...mataria esses criminosos!

  30. Anônimo // 28 de novembro de 2009 01:04  

    "aki no Brasil o povo é mais civilizado, mas não podemos cobrar isso de outros paises"...

    como assim, "mais civilizado"?? talvez não joguem ácido, mas qntas histórias de mulheres q apanham, são humilhadas, agredidas por seus "companheiros" a gente não fica sabendo hein? Botar a culpa na "cultura" deles é IGNORÂNCIA, pois o desrespeito ao ser humano ocorre em TODOS os lugares deste planeta! Aqui há um "disfarce" de civilidade, mas a nossa cultura aceita mulheres seminuas rebolando a bunda pra satisfazer as taras masculinas e ainda as chama de vagabundas! Muita civilidade mesmo!!
    Infelizmente, o desrespeito às mulheres vem de séculos e de todas as culturas...lamentável

  31. Anônimo // 28 de novembro de 2009 01:18  

    Deus do céu, é assustador!

  32. Aju // 28 de novembro de 2009 16:03  

    Absurdo!

  33. Anônimo // 6 de dezembro de 2009 17:39  

    Um absurdoooo!!! Bando de homens malditos, que como já falaram aqui se acham o dono das mulheres, donos da verdade.. Coisas assim acontece tb na África.. mas cada homem de determinado país adota um tipo para envergonhar a mulher e dar mta dor física e de alma!

    Civilidade no Brasil tb não há, mas é que pra isso os homens do Brasil não vão se expor pra tanto, msm já tendo acontecido algo parecido por aqui!

    Homens que fazem mal a qualquer pessoa do bem e a qualquer animal deveria sofrer em cada partezinha do seu corpo! Alguns nem assim iam aprender.. homens assim são o erro da humanidade.

  34. Anônimo // 6 de dezembro de 2009 17:40  

    Um absurdoooo!!! Bando de homens malditos, que como já falaram aqui se acham o dono das mulheres, donos da verdade.. Coisas assim acontece tb na África.. mas cada homem de determinado país adota um tipo para envergonhar a mulher e dar mta dor física e de alma!

    Civilidade no Brasil tb não há, mas é que pra isso os homens do Brasil não vão se expor pra tanto, msm já tendo acontecido algo parecido por aqui!

    Homens que fazem mal a qualquer pessoa do bem e a qualquer animal deveria sofrer em cada partezinha do seu corpo! Alguns nem assim iam aprender.. homens assim são o erro da humanidade.

  35. Anônimo // 8 de dezembro de 2009 15:10  

    2012 podia ser amanhã!
    Que coisa horrível, os caras não sabem ouvir um não?! Deus tome conta da vida dessas pessoas!
    Até arrepiou!

  36. Anônimo // 6 de janeiro de 2010 17:53  

    É MUITO TRISTE E REVOLTANTE,POIS ALÉM DE TODO O SOFRIMENTO E DOR,NA MAIORIA DAS VEZES QDO ESSES CASOS VÃO AOS TRIBUNAIS NESSE PAÍS,AS VÍTIMAS É Q SÃO ACUSADAS DE TEREM FEITO ALGO QUE PROVOCOU A AGRESSÃO E FICAM PRESAS PELO MÍNIMO 3 ANOS,ALÉM DE SEREM CHICOTEADAS.OS FAMILIARES NA MAIORIA DAS VEZES,AS ABANDONAM E A MAIORIA COMETE SUICÍDIO,PQ PARA ELAS É A ÚNICA SAÍDA PRA SE LIVRAREM DA DOR,DO SOFRIMENTO E DA HUMILHAÇÃO.ALÉM DO MAIS,ESSAS MULHERES NÃO TEM MUITA INSTRUÇÃO E POR CONSEGUINTE,NÃO TRABALHAM FORA,NÃO TEM COMO SOBREVIVEREM POR CONTA PRÓPRIA!
    REALMENTE,É UMA SITUAÇÃO DIFÍCIL!E PENSAR EM QTAS MULHERES,AQUI NO NOSSO PAÍS VIVEM DA BUNDA..NAO APRECIAM A CHANCE QUE TEM,DE ESTUDAR,CONSEGUIR UMA CARREIRA,DE TER UM BOM EMPREGO E FICAM,SIMPLESMENTE,VIVENDO ÀS CUSTAS DE FAVORES SEXUAIS...ENQUANTO,OUTRAS COITADAS,NÃO TEM NEM O DIREITO DE EXISTIR!

  37. tonioto1 // 26 de outubro de 2010 13:55  

    sao um monte de lixos esses idiotas que fazem isso com pessoas inocentes vem ca que eu boto um copo de vidro no seu reto e quebro ele dentro!

  38. Anônimo // 26 de outubro de 2010 15:02  

    OI eu sou fedida

  39. Anônimo // 26 de outubro de 2010 15:04  

    Oi meu nome é Arlindo ,mas pode me chamar de Lindo pq o AR eu ja perdi.

  40. Anônimo // 12 de abril de 2011 21:56  

    Muçulmanos filhos da puta.Não quero e nem tem como respeitar essa barbaridade que eles chamam de cultura.Povo ignorante do cacete.São um bando de atrasados.Agem como bichos.

  41. Anônimo // 29 de julho de 2011 16:45  

    Fico impressionada com a capacidade que esses caras tem de disgraçar a vida de outro ser humano.
    E ainda por cima querem q Alá abençoe eles.. AAahh para neh!! Jamais!!
    Com esses caras aii uma eu daria pena de tortura!
    Queimava seus pênis com uma chapinha bem quente, furava os olhos deles com uma agulha de tricô. Colocaria eles de quatro na frente de um cavalo... cortaria a palpebra dos olhos...
    enfiava no ouvido deles uma agulha de tricô até escorrer bastante sangue...
    isso que els fazem não tem perdão!!!
    é pra se indignar!

  42. Anônimo // 19 de novembro de 2011 10:20  

    Como ainda tem lojas com permissão para vender ácido? Tinha que prender todo mundo que vende isso aí... e lógico: ácido nos homens que machucaram essas mulheres!

  43. Anônimo // 6 de dezembro de 2011 09:38  

    UMA PESSOA Q FAZ ISSO..
    NUNCA VAI SER FELIZ E NEM FARÁ NUNCA ALGUÉM FELIZ,NÃO TEM CORAÇÃO,TEM UMA PEDRA...
    OU COISA PARECIDA,SEM PALAVRAS P DEFINI-LÓS :ACHO Q MONSTROS DÁ P COMEÇO!

  44. Anônimo // 3 de junho de 2012 07:14  

    que coisa absurda como são humilhadas as mulheres por esse povo ignorante do mundo arabe que falta de amor e respeito ao proximo não podemos compara-los aos animais covardia total com essas mulheres

  45. Edbérgia // 24 de junho de 2012 15:22  

    A doutrina espírita (e várias outras) nos ensina a não desejar o mal a quem faz esse tipo de coisa... Tarefa difícil, viu, quase impossível. Quem sabe um dia eu alcance essa evolução.

  46. Anônimo // 26 de janeiro de 2013 09:38  

    Estes homens desses países fazem isso em nome da honra e da religiao.Mas o que eles fazem nao está agradando a Deus e sim o Diabo.Essa religiao deles é demoniaca .Homem que faz isto sao covarde e maldiçoados por Deus.

  47. Anônimo // 26 de fevereiro de 2013 16:59  

    Dá uma olhada nesse blog, não é de acreditar!! Ainda falam mal das brasileiras...absurdo!! esposadepaquistanes.blogspot.com.b

  48. Anônimo // 26 de fevereiro de 2013 17:07  

    Genta , fala sério....olha só um trechinho que achei nesse blog: http://esposadepaquistanes.blogspot.com.br

    "A mulher paquistanesa passa a ter obrigações no lar desde os 13 anos de idade... Na verdade a maioria já inicia suas tarefas muito precocemente e seus dotes naturais se afloram desde a juventude. Pelo que sei, no Paquistão, as qualidades de uma mulher começa em casa, na forma como ela cuida da mãe e dos irmãos homens, pois lá a menina tem que servir os irmãos, a mãe e o pai, cozinhando para eles e cuidando de suas roupas.. tudo isso sem retrucar ou reclamar... Hoje em dia as coisas tem se modernizado um pouco por lá... muitas se dedicam a faculdade e ao trabalho fora de casa, mas o serviço doméstico continua sendo exercido mesmo que a mulher trabalhe fora, em outras palavras, ela não tem desculpas nem argumentos pra dizer " trabalho fora e por isso não lavo minhas próprias calcinhas" como acontece aqui no Brasil né kkkkkkkk... É um tal de trabalhar fora e não fazer bosta nenhuma em casa.. depois as brasileiras ainda querem saber pq não conseguem marido ou casamento duradouro ... homem nenhum aguenta essa folga e principalmente paquistanes, que cresce com as irmãs e mães praticamente " varrendo" o rastro de seus sapatos...

    E, o Brasil que é um país de merda hein...

    "No Paquistão existem escolas apenas para meninas e escolas apenas para meninos, maior barato... não ha misturas e eu acho isso o máximo!!
    Também ha escolas pra meninas aprenderem a fazer tudo em casa, coisas como passar, lavar, cozinhar, bordar, cuidar dos filhos tudo!! Minha cunhada frequentou essa escola e hoje ela quem cuida de tudo, ela costura como ninguém. Acho que deveriamos ter escolas como estas aqui no Brasil... Afinal, as meninas daki se casam sem ter o mínimo de preparo para cuidar do esposo e da familia, isso é aterrorizante porque o dote mínimo de uma mulher deveria ser lavar louça e cozinhar, mas muitas aqui não sabem fazer, preferem meter uma empregada pra lavar as cuecas do marido mas francamente, na minha opinião isso é atestado de vagabundagem... é humilhante para o marido que outra pegue suas cuecas e esfregue na mão... é algo absolutamente fora do comum, mas as folgadas desse pais de merda aki acham isso natural.. affff..... ainda bem que nesse meu espaço posso falar oque eu quiser sem ser criticada, afinal, quem não gostar doque esta escrito aki FAÇA ME O FAVOR DE NÃO VOLTAR MAIS!! Principalmente as porcas e folgadas..."

  49. Anônimo // 8 de março de 2013 12:17  

    Seu idiota nao tem o que fazer, fica calado

  50. Isabella G Lopez // 3 de abril de 2013 01:41  

    Coisa Horrivel gente.
    Esse país deveria deixar de existir, tira todas as mulheres de lá. E deixa só os homens e jogar uma bomba atômica lá e matar todos eu digo TODOS!!! os homens que vivem lá. Mesmo os bonzinhos(se é que exister um Homem com bom carater lá).

  51. Anônimo // 3 de abril de 2013 15:41  

    tu é um idiota fdp q ñ sabe representar as mulheres

  52. Anônimo // 5 de outubro de 2013 19:34  

    Covardes.

  53. Anônimo // 17 de junho de 2014 07:07  

    luana

  54. Anônimo // 17 de junho de 2014 07:17  

    Me perdoe os que forem contra O CORREDOR DA MORTE, mas depois de ver estas imagens, mais uma vez reforça o meu pensamento. SOU 100% a favor da pena de morte ou prisão perpétua, sem nunca mais sair da cela para tomar banho de sol e apodrecer em vida na cadeia, PARA ESTES MONSTROS MALDITOS que comentem esta barbaridade contra as mulheres (neste caso a dos Paquistão. Se tivesse a pena de morte, diminuiria muito ou acabaria de vez este tipo de crime, pois afinal, p prejuizo destas mulheres é a saúde, a estética e o emocional (psicologico). Mesmo sendo a favor da pena de morte (nestes casos), ACREDITO EM DEUS E Q ELE DE FORÇAS E ANIMO PARA ESTAS MULHERES CONTINUAR VIVENDO E Q ABRA PORTAS PARA Q AS MESMAS RECUPERE SUA ESTETICA ATRAVES DE CIRURGIAS E O EMOCIONAL..........................

  55. Anônimo // 17 de junho de 2014 07:23  

    COMENTARIO ACIMA DE LUANA SILVA ANDRADE, EM 17/06/2014, E AO IMBECIL Q ESCREVEU BEM-FEITO, ESPERO Q ISTO ACONTEÇA COM ELE TAMBÉM, AI VEREMOS SE ELE CONTINUARÁ ACHANDO BEM FEITO. PECADO DEBOCHAR DA DESGRAÇA ALHEIA. ESTE TIPO DE MONSTRO SÃO OS ESTRUPADORES, OS QUE MALTRATAM ANIMAIS, MULHERES, CRIANÇAS E IDOSOS.... PENA DE MORTE NESTES FILHOS DA PUTA !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails