quarta-feira, 14 de julho de 2010

Tratamento de choque para motoristas idiotas!!!

Esse post é para aqueles motoristas idiotas que parecem não ter carteira e sim porte de arma. Aliás, o número de mortes em colisões e atropelamentos é muito próximo ao total de homicídios, só nos primeiros 180 dias desse ano foram 846 óbitos no trânsito e 848 assassinatos, praticamente um empate técnico.
A comparação entre os dois tipos de morte se torna ainda mais assustadora quando se leva em conta o perfil das vítimas de homicídios no Estado. Cerca de 70% dos casos estão relacionados ao tráfico, seja devido a acertos de contas entre criminosos e usuários ou ainda a disputas por bocas-de-fumo, segundo o delegado Bolívar Llantada, titular da Delegacia de Homicídios. Diferentemente dos óbitos no trânsito, onde não há motivação para a morte.

Com o aumento da frota e do número de motoristas habilitados, há uma propensão para o aumento de acidentes nos centros urbanos – acredita o engenheiro João Fortini Albano, professor do Laboratório de Sistemas de Transportes (Lastran) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).
Entre as vítimas que acabam morrendo em acidentes de trânsito, estão jovens entre 18 e 24 anos. Na Capital, por exemplo, foram 14 mortos nesta faixa etária, o que corresponde a 17,3% dos óbitos. Outras 14 mortes foram registradas na faixa etária seguinte, de 25 a 29 anos. No Rio Grande do Sul, dos 846 mortos ao longo do primeiro semestre, 150 tinham essa idade.
Isso já é o esperado. A idade das vítimas está relacionada com o fato de que muitos que morrem são condutores inexperientes – explica Albano.
O vídeo abaixo é forte, pelo que percebi mistura cenas reais com campanhas publicitárias de conscientização, mas infelizmente é o único jeito que as pessoas entendem, alguns nem assim.




Falta conscientização para os motoristas de que trânsito mata. E muito. As pessoas se cuidam por um tempo, quando há uma campanha educativa, por exemplo, mas logo voltam ao comportamento antigo. E explode novamente a violência no trânsito – acredita o ortopedista Nelson Tombini, especialista em medicina de tráfego.

Estatísticas: Zero Hora

Postado por Filhote de Pombo | 15:00 | 4 comentários »

Feed

Comentários
4 Comentários

4 comentários

  1. william haddad // 22 de julho de 2010 05:44  

    cara isso teria que ser mostrado todos os dias em todos os canais de tv em hor. nobre sem cortes em full hd

  2. Anônimo // 15 de setembro de 2010 07:07  

    sairia muito caro fazer a propaganda, transito seguro é impossivel, ja escapei de varios acidentes, em todos, ou o cara estava bebado ou nao viu o sinal fechado, não sei, mas aqui em Minas Gerais os caras não sabem dirigir, tenho uma moto e sou MOTOCICLISTA, ando na minha de boa com a maior atenção, mas estou desistindo da quilo que é meu maior prazer, sair pra dar uma volta ou mesmo ir pra o trabalho com ela, esta perigoso de mais sair de casa...

  3. Anônimo // 18 de setembro de 2010 18:32  

    "Isso já é o esperado. A idade das vítimas está relacionada com o fato de que muitos que morrem são condutores inexperientes – explica Albano." Concordo totalmente com essa afirmação. É de assustar como algumas pessoas dirigem nas ruas e avenidas (moro em São Paulo). Andei percebendo q maioria desses condutores não se preocupam com a própria segurança; andam falando ao celular, sem cinto de segurança e alguns andam com cigarro em uma mão e outra o celular.
    Os jovens são facilmente influenciados por outros, como se pode reparar em trechos do vídeo, como um homem que se destrai facilmente por uma mulher e outro caso em que outro jovem é pressionado pelos colegas a ultrapassar em local impróprio.
    Ano q vem estarei tirando carteira de motorista e não pretendo causar acidentes e nem ser vítima de uma violência que enfrentamos todo dia ao pisar fora de casa.

  4. Dayse // 17 de fevereiro de 2011 07:30  

    Concordo plenamente com o tratamento de choque. Tive uma tarde péssima, um carro de auto-escola com 3 marmanjos veio atrás da minha moto muito acima da velocidade permitida na via em questão, e embicaram até eu sair pra pista da direita, e passaram por mim rindo e gritando. Definitivamente idiotas. Várias conversões de faixa sem seta. Uma louca de carro simplesmente me fechou, me espremeu na guia. De certo a rua era dela. E mais tarde outro doido abre a porta do carro com tudo, numa rua estreita, não me viu, tive que não frear para não arrancar a porta do babaca. Péssimo dia, transito estressante, impunidade e falta de fiscalização revoltantes. Melhor hj é ficar em casa.

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails